Entretenimento, Livros

5 lições que aprendemos com “Extraordinário”

 

1

No livro de 2012 da R.J. Palácio aprendemos lições muito especiais sobre enxergar o outro além de sua aparência. A história, contada através do ponto de vista de diferentes personagens, gira em torno de August Pullman, o Auggie, que nasceu com uma síndrome genética que deixou como sequela uma deformidade facial, que mesmo após diversas cirurgias continuou presente no rosto do menino. A história se dá quando o menino começa a ir à escola, aos 10 anos, após uma decisão dos pais. Até então Auggie era ensinado pela mãe, mas agora enfrentará a dificuldade de passar pelo quinto ano – algo que já é difícil por si só, ainda mais para alguém como Auggie. Esse livro consegue tocar o nosso coração de uma forma muito especial, por isso separei 5 das lições que aprendi com ele.

2

 

As pessoas conseguem ser muito maldosas

“Garoto rato. Estranho. Monstro. Freddy Krueger. E.T. Cara de lagarto. Mutante. Conheço os apelidos que me dão. Já estive em parquinhos suficientes para saber que crianças podem ser cruéis.”

August Pullman

Página 84

Embora Auggie tenha conquistado a amizade de várias pessoas, algumas não conseguiam aceitá-lo com facilidade e, mesmo sem querer, às vezes demonstravam seu espanto e desconforto. O menino sempre percebeu isso, o que nos deixa bem chateados ao longo do livro, e com vontade de fazer todo mundo ler a história e se encantar com ela, aprendendo a respeitar todas as diferenças!

O amor da família é incondicional

“August é o Sol. Eu, a mamãe e o papai giramos em volta dele. O restante de nossa família e de nossos amigos são asteroides e cometas flutuando ao redor dos planetas que orbitam o do Sol. O único corpo celestial que não gira em volta de August, o Sol, é Daisy, nossa cadela, e isso porque, para seus olhinhos caninos, o rosto do August não é muito diferente do rosto de qualquer outro ser humano. Para Daisy, todos os rostos são parecidos, chatos e pálidos como a Lua.”

Olívia Pullman

Página 89

Uma coisa que fica bem clara, mesmo nos momentos mais tumultuosos, é o quanto a família de Auggie ama ele. Todos estão sempre dispostos a abrir mão das suas tarefas ou compromissos por ele, algo às vezes complicado para a irmã, Via, mas que também ama muito o irmão. Isso inclui a cachorrinha Daisy, sempre acompanhando Auggie, fazendo com que a gente crie um carinho especial por ela também!

Não, não é tudo um acaso

“minha mente gira com isso, mas então surgem pensamentos mais suaves, como um terceiro violino em uma sinfonia de cordas. não, não é tudo um acaso. se fosse, o universo nos abandonaria à própria sorte. e o universo não faz isso. ele cuida das suas criações mais frágeis de formas que não vemos. como com pais que amam cegamente. e uma irmã mais velha que se sente culpada por ser humana com relação a você. e um garotinho de voz grave que perdeu os amigos por sua causa. e até uma garota de cabelo rosa que carrega sua foto na carteira. talvez seja uma loteria, mas o universo deixa tudo certo no final. o universo cuida de todos os seus pássaros.”

Justin (nas partes do Justin ele não usa letras maiúsculas, haha!)

Página 209

Essa fala do Justin, namorado da Olívia, me deixou refletindo bastante após ler o livro pela primeira vez. Isso acontece depois que ele vai até a casa da garota e conhece o irmão dela. Auggie fez amigos incríveis, dispostos a tudo por ele, além da família que está sempre com ele. Às vezes estamos acostumados com o que temos e não notamos que, mesmo que a situação esteja difícil, temos sorte. Temos sorte pela família e amigos que temos, e todas aquelas pessoas que fazem sacrifícios pela gente. (Fica aqui meu muito obrigada a todos aqueles amigos verdadeiros! Vocês são muito especiais!)

 

Todos somos especiais, e cada um tem suas dificuldades

“É como aquelas pessoas que às vezes você vê e não consegue imaginar como seria estar no lugar delas, seja alguém em uma cadeira de rodas, ou alguém que não pode falar. Eu sei que sou essa pessoa para os outros, talvez para todas as pessoas naquele auditório.

Para mim, porém, sou apenas eu. Um garoto comum.

Mas, se quiseram me dar uma medalha por ser eu mesmo, tudo bem. Aceito. Não destruí a Estrela da Morte nem nada parecido, mas consegui passar pelo quinto ano. E isso não é fácil, mesmo que você não seja eu.”

August Pullman

Página 308

Depois de sofrer muito com bullying, Auggie consegue mostrar para as pessoas o quão especial ele é, despertando a admiração de todos por passar por todas as situações difíceis e não desistir. Alguns momentos do livro são super difíceis para o menino, mas ele venceu mais essa etapa!

Todos nós vencemos o mundo

“Todo mundo deveria ser aplaudido de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo.”

August Pullman

Página 313

No final do livro há uma lista de preceitos, e entre as lindas frases está essa pérola do Auggie. Ele, mais do que ninguém, nos mostra que é possível sim, com todas as dificuldades, vencer o mundo, e que a vida é linda, basta mudarmos nosso olhar. Isso significa também olhar a vida do ponto de vista dos outros, e admirá-los pelas pequenas grandes vitórias do dia-a-dia.

4

Esse livro foi uma das mais lindas lições que tive na vida, e acho, muito sinceramente, que todo mundo deveria ler. É uma ótima reflexão sobre o quanto temos potencial e deixamos de aproveitá-lo!

3

E então pessoal, já leram esse livro? O que acharam?

Muito obrigada por tudo!

Beijinhos!!!

Livros, Metas

5 coleções de livros para ler em 2016

Sabe aqueles livros que há muito estão em nossa lista de leituras e nunca saem de lá, seja por qual motivo for? Para resolver esse “problema”, resolvi criar uma lista com 5 livros que eu quero ler há um tempo e que pretendo fazer em 2016.

P.S.: As 3 primeiras fotos são da Melina Souza e se ela tivesse fotos das outras 2 coleções eu com certeza colocaria elas pelo simples fato de que ela é a melhor fotografando!

 

Fazendo Meu Filme – Paula Pimenta

1.jpg

Fonte

A Paula é uma das autoras brasileiras que eu acho mais fofa e tinha muita vergonha de nunca ter lido nada dela, até que esse ano li o conto dela para o livro “Um Ano Inesquecível”. Desde o ano passado minha meta de leitura é ler o máximo de livros juvenis que eu puder antes que eles percam a graça (espero que isso nunca aconteça!). Várias pessoas falam bem dos livros do quarteto “Fazendo meu Filme” e eu quero muito ler! Finalmente consegui comprar os dois primeiros livros e já vou começar a leitura!

Sinopse: Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima.

“Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.

Instrumentos Mortais – Cassandra Clare

2.jpg

Fonte

(Essa foto não tem todos os livros da coleção, mas tem também alguns da saga Peças Infernais, que se passa no mesmo “universo”, digamos assim)

Alguns anos atrás eu li o primeiro livro e achei muito legal, mas acabei não conseguindo ler os outros, tanto por falta de tempo ou por não ter os livros. Com a estreia da série baseada nos livros “Shadowhunters”, decidi que de uma vez por todas tenho que ler todos os livros da coleção!

Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

A Seleção – Kiera Cass

3.jpg

Fonte

Várias amigas minhas leram e gostaram, embora várias pessoas reclamem da personagem America haha Acho as capas muito maravilhosas e espero que a história também seja!

Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

O Doador – Lois Lowr

4

Fonte

Conheci o livro através do filme, O Doador de Memórias, que contava com a atuação da Taylor Swift! Fiquei bem animada desde aquela época para ler mas ainda não consegui por não ter os livros. Na Black Friday acabei comprando o segundo livro da coleção, A Escolhida, mas ainda não comprei o primeiro, então é algo que tenho que providenciar hahaha A história parece ser muito interessante e eu gostei bastante do filme, então acho que a leitura vai valer a pena!

Sinopse: Em O doador de memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente – o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente.

Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo.

O Guia do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams

5.jpg

Fonte

Essa coleção é uma das que eu estou muito animada para ler já que os livros são curtinhos, o que facilita e MUITO no período de faculdade. Além disso, a história parece ser muito divertida, além de ser bem diferente do que eu estou acostumada a ler, o que também é muito legal!

Sinopse: A famosa série escrita por Douglas Adams conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da “alta cultura” e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.

Bom pessoal, por hoje é isso! E vocês, o que estão animados para ler?

Muito Obrigada por tudo,

Beijinhos!

Livros

TAG Literária: Pedro Guerra

Oi pessoal, tudo bem?

Essa semana lancei mais um vídeo, agora sobre livros, falando de uma TAG que eu criei.

Mas pera aí, o que é uma TAG?

TAG, no inglês, significa etiqueta, rótulo. Quando alguém cria uma TAG literária, por exemplo, são criadas classificações, aspectos de livros (capa mais bonita, capa rosa…) e então quem vai responder a TAG precisa escolher livros adequados a essas condições.

1.jpg

A minha TAG foi criada em homenagem a um escritor aqui de Caxias do Sul que me inspira MUITO: o Pedro Guerra. Conheci ele há uns 3 anos e é muito legal acompanhar a evolução dele. Naquela época ele tinha lançado apenas um livro, e agora já são 4! As características da TAG se relacionam aos 4 livros dele.

7.jpg

Então aí vai a TAG:

1. Um livro que te fez sofrer com spoilers (Baseado no livro Você pode guardar uma segredo?)

2.jpg

“Você pode guardar uma segredo?”, assim como a maioria dos livros do Pedro, é um livro no estilo Agatha Christie, tipo suspense. A história gira em volta da Christine Reed, uma moça que trabalha com fotografia e vivia calmamente até começar a receber envelopes com fotos revelando algo “secreto” do seu passado.

Pra essa categoria, escolhi o livro Convergente, da trilogia Divergente, pois quando o mesmo foi lançado foram divulgadas diversas partes bombásticas da história na internet!

3.jpg

2. Um livro em que um personagem querido (ou vários) morreu (Baseado em A Rainha está Morta).

4.jpg

A Rainha está Morta é um livro policial. Na ficção, logo antes de receber a coroa, a candidata que seria rainha da Festa da Uva, um evento típico aqui de Caxias do Sul, é assassinada. Muita emoção! A história é bem legal por ser regional e se passar aqui na cidade!

Para essa categoria escolhi um clássico: Diário de uma Paixão. O livro fala da história de amor de Noah e Allie, que foram afastados pelos pais. Como um típico livro do Nicholas Sparks, alguém morre, haha. Felizmente, no filme isso foi mudado! Por favor, façam isso com outras adaptações!

3. Um livro que você sentiu que precisava por muito tempo (Baseado em Precisava de Você)

5.jpg

Precisava de Você narra a história de “amor” de Lola Tavares e Gabriel Vegas. Logo que conhece o menino, Lola fica meio obcecada com ele. Prefiro as histórias mais policiais do Pedro, mas pra um romance realmente supera as expectativas, sai um pouco do comum.

Nessa categoria escolhi o livro Simplesmente Acontece. Desde que vi o trailer do filme baseado no livro fiquei obcecada com a história! Fiquei mais de 6 meses querendo comprar o livro até que minha mãe finalmente me deu! Valeu mamis! O livro narra a história de Alex e Rosie, amigos desde bem pequenos, e como a amizade deles vai evoluindo ao longo dos anos, seus altos e baixos, encontros e desencontros. Eu achei a história muito boa e recomendo pra todo mundo, haha!

4. Um livro ou série que a qualidade caiu em queda livre (Baseado em Queda Livre)

6.jpg

Queda Livre é um livro policial que tem os mesmos detetives de A Rainha está Morta, só que o caso da vez é o suicídio/homicídio de Eva Garbon, personagem fictícia que seria uma cantora famosa também aqui de Caxias do Sul.

Pra essa categoria escolhi a Trilogia Jogos Vorazes, pois embora tenha amado o primeiro livro, não consegui me conectar tanto com os outros, gostando menos de cada um deles. Como Em Chamas retrata a volta de Katniss e Peeta à arena, achei “mais do mesmo”, nada muito inovador, embora as personagens introduzidas, como o Finnick, sejam adoráveis!

 

Bom, essa seria a TAG! Para quem não viu, o vídeo é esse:

 

Se vocês quiserem contatar com o Pedro ou se manterem informados das novidades sobre ele, ele tem uma página no Facebook:

9.jpg

Não esqueçam de curtir ele caso tenham gostado! Super recomendo os livros, adoro todos!

Bom, pessoal, por hoje é isso! O que vocês acharam? Já leram os livros do Pedro?

Beijinhos!

Livros

5 coisas que aprendi com Quarteto de Noivas – Nora Roberts

Um dos melhores presentes que ganhei em 2015 foi o Box Quarteto de Noivas, da escritora Nora Roberts. Além de serem livros, o que já uma maravilha, essa coleção tem uma diagramação e uma história muito amor! As capas são l-i-n-d-a-s demais!!! E aqui vão 5 coisas que aprendi ao longo dessa história – pode deixar, vou evitar spoilers!

Box.jpg

Vale a pena trabalhar com o que gostamos – e com quem gostamos!

Box 2.jpg

A história dos 4 livros gira em torno das 4 amigas Mack, Emma, Laurel e Parker, que são, respectivamente, fotógrafa, florista, confeiteira e organizadora de eventos/administradora da Votos, e em cada um dos livros o foco está em uma dessas personagens. A ideia das amigas de trabalharem juntas e criar a empresa de festas de casamento Votos foi da Parker, após uma fase bem difícil na vida dela. No início, era algo pequeno, e as amigas tinham até os outros empregos. Mas então, a dedicação e o trabalho delas foram ganhando reconhecimento, e a empresa delas foi se tornando uma das maiores nesse ramo. Quando gostamos do que fazemos, tendemos a nos dedicar muito mais, e quando estamos rodeados de pessoas que gostamos, temos uma motivação extra. As amigas até moram no mesmo “terreno”, digamos assim. Imagina que demais!

Fotos são capazes de eternizar momentos…

Livro 1.jpg

“Ser feliz para sempre talvez fosse conversa fiada, mas ela sabia que queria tirar mais fotos de momentos felizes. Porque, assim, eles permaneceriam para sempre.”

Álbum de Casamento – Livro Um

Por questões pessoais, a fotógrafa Mack não acredita muito nesse tal de “felizes para sempre”. O que ela gosta mesmo é de fotografar momentos nos quais as pessoas são espontaneamente felizes, e ela é realmente boa nisso. Vai dizer que naqueles momentos em que a gente está comemorando algo não dá uma vontade louca de bater uma foto para lembrar disso para sempre? E é com seu trabalho que ela reencontra Carter, um ex-colega que vem acompanhar a irmã em uma sessão de fotos. E depois disso, a relação entre os dois vai, com seus altos e baixos, se desenvolvendo.

No amor, assim como em todos aspectos da vida, é necessário ter equilíbrio.

Livro 2.jpg

“Agora para essa história dar certo, eles terão que encontrar o ponto de equilíbrio entre o solteiro avesso a compromissos e a mocinha romântica que sonha em se casar e ser feliz para sempre.”

Mar de Rosas – Livro Dois

Emma é uma daquelas românticas incorrigíveis, apaixonadas pelo amor e tudo relacionado a ele, e que, ao ver a história duradoura e feliz dos pais, não consegue sonhar com nada menos que isso. Já Jack, amigo das meninas há anos, é o oposto dela: passa longe de compromisso. Acontece que, em um giro do destino, eles se veem atraídos um pelo outro. E agora? Para dar certo, não adianta confiar só nessa história de que opostos se atraem: é preciso que cada um ceda um pouquinho para que a convivência dê certo. E quando a gente ama alguém de verdade, vale a pena ceder um pouquinho!

Uns joguinhos saudáveis, de vez em quando, fazem bem para o relacionamento.

Livro 3.jpg

“Você pode pensar que isto acabou, mas está enganada. Sequestrei seus sapatos. Entre em contato comigo em até 48 horas ou será o fim dos Prada.”

Bem-casados – Livro Três

Laurel sempre foi secretamente apaixonada por Del, o irmão de Parker. O problema é que, devido às barreiras sociais entre eles – a família de Parker é muito rica e a de Laurel não – e ao fato de Del ver as amigas de Parker como irmãs, o relacionamento entre eles é pouco provável. A história começa meio enrolada, e através dos joguinhos entre eles é que a relação vai evoluindo. Vai dizer que não é muito legal fazer a pessoa pensar em você e deixar um gostinho de quero mais?

Sim, o amor pode chegar em uma Harley Davidson

“O amor não avisa que está a caminho e, quando chega, vira seu mundo de cabeça para baixo.”

Felizes Para Sempre – Livro Quatro

Parker é uma moça muito responsável, e extremamente eficiente. Tudo com ela funciona na base da organização e preparativos – algo que faz com que as cerimônias da Votos sejam impecáveis. Já Malcolm, o mecânico amigo de Del, é o oposto dela. Muito brincalhão, não leva nada tão a sério e vem dando em cima de Parker desde alguns livros atrás. Por mais improvável que a relação deles seja – algo que gera até apostas -, eles acabam saindo algumas vezes, e Malcolm chega na vida de Parker para dar uma agitada nas coisas, um novo ar, e trazer muita felicidade! Às vezes tudo que a gente precisa é de alguém para dar uma bagunçada na nossa vida e nos mostrar novos pontos de vista – quem sabe até nos fazer andar em uma Harley Davidson?!

Havia lido a história há algum tempo e não anotei citações, então gostaria de agradecer MUITO aos blogs Menina da BahiaSaleta de Leitura e Apaixonadas por Livros por terem me ajudado a relembrar a história e serem as fontes das citações:

Espero que vocês tenham gostado da história, e se apaixonem como eu me apaixonei. E aí, o que acharam?

Por hoje é isso!

Beijinhos!

Filmes, Livros, Músicas

5 Músicas de Filmes Baseados em Livros

Domingo geralmente é um dia melancólico e triste, né? Então pra gente se animar um pouco, resolvi fazer uma lista com 5 músicas que aparecem na trilha sonora de filmes que foram baseados em livros. Espero que vocês gostem!

A Culpa é das Estrelas – All of the Stars (Ed Sheeran)

Quando a choradeira parou com o fim do filme, a música emocionante cantada por Ed Sheeran fez o público se derreter de novo e se acabar em lágrimas. All of the Stars aparece nos créditos do filme e tem uma batida que acalma. Segundo o próprio Ed, a música foi inspirada pelo filme inteiro, querendo que fosse triste e ao mesmo tempo eufórica e que animasse as pessoas um pouco. Missão cumprida!

Divergente – Beating Heart (Ellie Goulding)

Ellie Goulding é uma das melhores cantoras da atualidade em minha opinião, e uma das mais sensacionais em vários sentidos! Assim como a música do Ed, a da Ellie aparece nos créditos do filme, e sempre que o filme acaba começa a tocar essa música, meu coração pula de ansiedade para ver a continuação! Filme bom + boa música dá nisso!

Jogos Vorazes – Atlas (Coldplay)

Desde o lançamento do álbum Mylo Xyloto, em 2011, a banda britânica não tinha lançado mais nada, até que em 2013 lançou Atlas.  Assim como foi a primeira música lançada para a trilha sonora de Em Chamas, o segundo filme da saga Jogos Vorazes, Atlas também foi a primeira música do Coldplay lançada especialmente para um filme. Segundo a revista Billboard, a letra da música fala abstratamente sobre a confiança mútua de Katniss e Peeta, os personagens principais. Vamos torcer para que a trilha sonora de A Esperança – O Final seja tão boa quanto as anteriores!

Crepúsculo – Decode (Paramore)

Paramore é sensacional, e com a música escolhida para a trilha sonora de Crepúsculo, não foi diferente. Ela tem um clima bem sombrio, que combina muito com as cenas do filme que foram adicionadas ao clipe. Dá uma nostalgia e um aperto no coração ouvir! Se você também adora Crepúsculo e ainda não viu o post que eu fiz sobre a saga, clica aqui!

Over the Rainbow – O Mágico de Oz (Judy Garland)

Também conhecida como Somewhere Over the Rainbow, essa é uma das músicas mais conhecidas da década de 30, tendo sido interpretada em diversas línguas e por diversos cantores. A canção foi escrita especialmente para Judy Garland, atriz do filme. Com uma melodia melancólica e letra simples, a música representa as esperanças e sonhos da juventude de um mundo melhor, com mais amor e alegria.

E então pessoal, essas foram minhas sugestões! Quais músicas vocês acham que mereciam estar na lista?  Queria colocar muitas mais, mas o post ia ficar gigante! Deixem nos comentários suas preferências!

Muito Obrigada por tudo gente!

Beijinhos!!!

Filmes, Livros

5 coisas que aprendemos com a Saga Crepúsculo

Em homenagem aos 10 anos de “Crepúsculo”, a autora da saga, Stephenie Meyer, resolveu presentear todos nós, fãs, com uma edição especial da história. Desta vez, os personagens terão os gêneros trocados. O humano, ao invés da Bella, será Beau, e ao invés no nosso querido Edward teremos a vampira Edyth. O novo livro se chamará ‘Life and Death’ e já teve a capa divulgada.

26874617

Imagem: goodreads.com

Seguindo neste clima de nostalgia, resolvi escrever um post sobre 5 coisas que aprendemos com nossa amada saga!

Fazemos de tudo pela família

A relação entre Bella e Rose é bem conturbada desde o início, só dando uma acalmada em Amanhecer, mas nem por isso a vampirinha se livrou de ajudar Bella quando ela estava sendo caçada. A relação entre irmãos e pais é do tipo perfeita, deixando qualquer um com inveja! Não importa o que aconteça, a família sempre está lá!

tumblr_mf4qz5DKfo1rkd3wqo3_250tumblr_mf4qz5DKfo1rkd3wqo6_250

– “O que ela é pra mim?”

– “Rosalie, Bella está com Edward. Ela é parte da família agora, e nós protegemos nossa família.

giphy (1)

Imagens: giphy.com/

Não importa quanto tempo passamos com as pessoas que amamos, o amor só tende a aumentar

Uma das cenas mais amorzinho de toda a saga é a do tão aguardado casamento. Nela, a gente ouve diversos discursos de lacrimejar os olhos, mas o do Edward nos toca lá no fundo. Observando os casais da família e sua história, é possível entender que o amor pode durar por muitas décadas, séculos! Obrigada, tia Steph, por nos dar uma visão tão linda do amor.

orig-21184452tumblr_my4iwwAB0Y1qft49to1_r1_500 
Imagens: areadingwritr.wordpress.com

giphy

Imagem: giphy.com

Às vezes nascemos destinados a fazer alguma coisa

Desde o princípio a Bella não parecia se encaixar muito bem com a realidade e, mesmo com a relutância do Edward, ela nunca teve dúvidas quanto a se transformar em vampira. Foi então que ela realmente se libertou. Nem sempre, nascemos para nos encaixar na realidade a qual estamos inseridos. #ficaadica

P2 (8) tumblr_m5x2jjuI8F1qdv8gho4_500

Imagens: emilyrachellewrites.blogspot.com.br

Há corrupção em todo lugar

Mesmo no universo – quase – perfeito dos vampiros há a necessidade de se cuidar com os detentores do poder. Logo que Bella chega na casa dos Cullens ela vê um quadro com os vampiros que determinam e cuidam do cumprimento de algumas regras para os vampiros. Quando eles descobrem sobre Renesmee, eles não se importam muito com a democracia ou entender a verdade sobre a vampirinha, simplesmente querem eliminá-la, provocando a luta presente no último livro/filme da saga. Mas como em toda história, há sempre os mocinhos para nos inspirar!

tumblr_mni23cqXpL1ssusbro1_500

Imagem: Tumblr.com

tumblr_m5xd8iRMeC1qdmujgo1_r1_500

Imagem: sobrenaturalknepper.blogspot.com.br

Infelizmente, tudo acaba

Infelizmente nossas sagas preferidas também chegam ao fim! Ficaremos sonhando eternamente com uma continuação da saga, mas por enquanto nos deliciaremos com essa nova surpresa da titia Steph!

“É o crepúsculo de novo. Outro final. Não importa o quanto o dia seja perfeito, sempre tem um fim.”

tumblr_lu22tvD3i71qdv8gho2_500

Imagem: picslist.com/

Muito obrigada por tudo, gente!

Beijinhos!!!