Entretenimento, Retrospectiva 2019, Séries

5 séries que assisti – Retrospectiva 2019

Continuando na Retrospectiva 2019, vou indicar aqui 5 séries que assisti ao longo do ano. Sou uma pessoa que assiste uma por vez e tem que viciar para continuar assistindo, senão paro. Acabo preferindo séries que tenham em torno de 20 minutos, as de mais tempo têm que ser muito boas para me prenderem durante tanto tempo. Ah, todas indicadas estão disponíveis na Netflix! Então fiquem com a lista:

 

4

 

Atypical

Essa série é daquelas que eu acho que todo mundo deveria assistir! É de uma sensibilidade incrível, uma história “vida real”, mostrando uma família com seus dilemas e dificuldades, mas também as superações. Sério, se você não assistiu, simplesmente assista!

Feliz Natal e Tal

Essa série estava na minha lista porque adoro a Bridgit Mendler e a Ashley Tisdale. Resolvi baixar dois episódios para assistir enquanto viajava de avião e acabei adorando! Tanto que assisti super rápido e durante a viagem, nos momentos de descanso, hehe. Ah, assisti depois do Natal e valeu a pena mesmo assim.

Brooklyn Nine-Nine

Brooklyn é uma das minhas queridinhas.  Eu e meu namorado costumamos assistir um ou dois episódios por noite, então faz um tempinho que estamos assistindo, mas ela é ótima pra dar umas risadas enquanto descansamos. Estamos na Temporada 4 e, sinceramente, achei as primeiras melhores, mas mesmo assim ainda gosto.

Gilmore Girls

Fazia tempo que queria assistir essa série e me motivei devido ao lançamento de Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar. Entretanto, acabei parando no início da segunda temporada porque fiquei irritada com as atitudes da Rory, ops. Além disso, a série me deixava deprimida, hihi. Pretendo voltar a assistir esse ano, quem sabe vai.

Friends

Finalmente comecei a assistir essa série tão comentada. Antes de Brooklyn, era a que assistíamos de noite, então também não progredimos muito. Acabei enjoando e paramos de assistir. Pretendo voltar a ver, agora já estou com saudades, haha. Tenho problemas com séries que têm muitas temporadas, prefiro as mais curtas!

 

E vocês, gostam de séries? Quais assistiram em 2019? Me contem nos comentários!

 

Muito obrigada, pessoal!!!

 

Beijinhos!!!

Organização

5 dicas de organização da Marie Kondo

Após a febre que foi a série “Ordem na Casa com Marie Kondo”, lançada no início desse ano pela Netflix, resolvi fazer um post falando sobre o método KonMari, o método de organização desenvolvido pela Marie Kondo (KonMari é um apelido dela). Ela é obcecada por organização desde os 5 anos (fiquei chocada) e, a partir dos 15 anos, começou a estudar o assunto a sério. Atualmente, ela é palestrante e consultora.

Para falar melhor sobre o assunto, resolvi ler o livro dela “A Mágica da Arrumação”, lançado em 2011. Foi muito legal a experiência de ler o livro pois a série mostra, na prática, como arrumar, e o livro mostra a história por trás do método, como ela desenvolveu e a explicação das partes dele. Então, aqui vão 5 dicas que separei após assistir a série e ler o livro:

1. Descarte o que não traz alegria

O método dela basicamente consiste em você pegar cada objeto e sentir se ele te trás alegria. É engraçado ver na série a reação das pessoas quando ela fala isso, que deve ser bem parecida com a nossa ao ouvirmos isso. No livro ela conta que, por muito tempo, ela fez várias tentativas até chegar no método e percebeu que dávamos muita atenção ao que saía: compre uma coisa e joga duas fora e coisas do tipo, mas que percebeu que o ideal era olhar o que fica. Devemos ficar só com o que amamos para ficarmos felizes cada vez que olharmos para o que temos.

“Por meio dessa experiência, concluí que a melhor maneira de fazer a triagem do que fica e do que sai é segurar cada item e indagar: “Isso me traz alegria?” Se a resposta for afirmativa, guarde-o. Caso contrário, jogue-o fora. Este não só é o critério mais simples, como também o mais preciso.”

 

2.  Determine um lugar específico para cada item que restou

No momento em que você determina um lugar para cada coisa que você tem, fica muito fácil manter a organização, pois é quase automático. Faz uma semana, aproximadamente, que organizei meu quarto utilizando o método dela e já posso sentir isso. Quando algo está fora do lugar, sei onde colocar, sem nem pensar muito.

“O motivo pelo qual cada item deve ter seu local específico é que a existência de um objeto sem lugar definido multiplica as chances do retorno à bagunça.”

 

3. Siga a sequência: roupas, livros, papelada, itens variados e itens de apego emocional

Como dito no primeiro item, devemos ficar com o que nos traz alegria. Como essa noção de alegria é algo que vai sendo aprimorado durante o processo, essa sequência é sugerida. Nos itens de apego emocional estão inclusos presentes e lembranças: imagina começa a se desfazer deles primeiro, seria absurdamente mais difícil.

“Além do valor material, existem três outros fatores que agregam valor aos seus pertences: funcionalidade, informações e apego emocional. Quando se acrescenta o elemento da raridade, a dificuldade de desapegar se multiplica.”

 

4. Organize de modo simples

Imagine todo dia ter que ficar pensando onde vai cada coisa e ter que fazer malabarismos para colocar no lugar: em uma semana (ou menos) você ia desistir de organizar e ia simplesmente colocar em qualquer lugar. Por isso, a organização deve ser simples, de fácil acesso, e possibilitando ver tudo. Acho que uma das coisas mais legais desse método de organização é adquirir a consciência de tudo o que temos. Como ela diz, guardamos itens similares em diferentes lugares, o que dificulta saber quanto temos. Quando você junta todas as suas roupas, todos os seus livros, tudo o que você tem parecido, e pega cada coisa para sentir se te trás alegria, você acaba conhecendo tudo o que tem.

“A maioria das pessoas tem consciência de que a origem bagunça é o excesso. Mas por que temos mais do que precisamos? Em geral é porque não sabemos exatamente quantas coisas possuímos, e isso acontece porque nossos métodos de organização são complexos demais – ou inexistentes. A habilidade de evitar o excesso depende da habilidade de simplificar a organização. O segredo de um ambiente organizado é buscar a simplicidade máxima na organização, de tal modo que baste uma olhadela para que a pessoa consiga ver o que tem.”

 

5. Colecione memórias e não coisas

É engraçado como vamos guardando algumas coisas pelas memórias que nos trazem, é quase como se fôssemos perder a lembrança por descartar a coisa. Eu sentia isso com itens de eventos que eu fui, guardava todos os papéis. Mas, na verdade, eu nunca ia olhar eles. Acabei guardando apenas os crachás. Porém, o importante é tudo o que aprendi nessas situações, isso sempre vai ficar em mim, independente dos objetos que eu guardar ou descartar.

“Não devemos celebrar as lembranças, mas a pessoa que nos tornamos por causa das experiências que tivemos. Esta é a lição que os objetos de valor emocional nos ensinam quando os organizamos. O espaço em que vivemos deve se adequar à pessoa que somos agora, e não àquela que fomos um dia.”

 

Depois de tudo isso, você provavelmente estará pronto para viver a mágica da arrumação em sua vida!

 

As citações contidas nesse post foram extraídas do livro “A Mágica da Arrumação”.

 

E então, já conheciam a Marie Kondo e o Método KonMari? O que acharam?

Muito obrigada por tudo!

Beijinhos!!!

 

Entretenimento, Séries

Vem 2017: 5 Séries que serão lançadas no início do ano

 

Após os super lançamentos de 2016, dos quais alguns eu falei nesse post aqui, temos mais algumas maravilhas nesse novo ano!

13.01 – Desventuras em Série – Netflix

1

Todo mundo surtando com o lançamento dessa série, baseada nos livros de Lemony Snicket. Além disso, foi lançado um filme em 2004, contando com a participação de, entre outros atores, Jim Carrey e Meryl Streep. Mais uma vez a nostalgia vai nos acompanhar nessa volta à infância ❤ .

Sinopse: Os órfãos Baudelaire são três irmãos muito inteligentes; Violet é a mais velha, Klaus é o irmão do meio e Sunny é a mais nova, com três anos. Quando seus pais morrem, eles passam a morar com diferentes tutores, e o primeiro é Conde Olaf, que irá tentar roubar a enorme herança deixada pelos pais.

02.02 – Powerless – NBC

4

Vanessa Hudgens vem aí, gente <3. A Gabriella, de High School Musical, agora vai estar nessa série que se passa dentro do universo da DC. Isso mesmo, mais super-heróis por aí. Mas, dessa vez, eles não serão o centro das atenções, e sim as pessoas “normais” que eles afetam. Ah, estou louca para assistir!

Sinopse: Comédia de escritório que se passa em uma empresa de seguros dos Estados Unidos, que demonstra como é trabalhar como uma pessoa comum numa cidade onde super-herois passam os dias batalhando super-vilões.

08.02 – Legion – FX

2

Uma nova série da Marvel, dessa vez focado em David, o filho do Professor Xavier, que é diagnosticado com esquizofrenia. Porém, ele começa a se questionar se as coisas são mesmo fruto de sua imaginação. Para quem é fã de X-Men e da Marvel, a série é um presentinho bem legal.

Sinopse: David é um rapaz com problemas psicologicos que se vê confrontado com a possibilidade de que suas alucinações sejam reais depois de um encontro com outro paciente de um hospital psiquiátrico.

17.03 – Punho de Ferro – Netflix

3

Somos apresentados a mais um dos defensores de Hell’s Kitchen, cenário de outras séries da Netflix em parceria com a Marvel. Dessa vez, focamos em Danny Rand, um bilionário e monge budista que volta à cidade para se reconectar com o próprio passado e o legado da família. Ai, estou mega animada para esse lançamento, já que o personagem é fundamental na próxima série que vamos falar <3.

Sinopse: Danny Rand é o Punho de Ferro. Ele é um super-herói que usa as artes marciais para combater o crime.

Os Defensores – Netflix – Sem data confirmada

5

Reunindo os nossos queridos heróis de Hell’s Kitchen, teremos a junção do Demolidor, Jessica Jones, Punho de Ferro e Luke Cage para enfrentar sua maior ameaça até então. A grande vilã da série será Sigourney Weaver. Eu estou super super super ansiosa para essa série – assim como para todas as outras, mas tudo bem, haha.

Sinopse: Reunindo o Demolidor, Jessica Jones, Punho de Ferro e Luke Cage, a minissérie conta a história dos quatro “heróis imperfeitos de Hell’s Kitchen”.

As sinopses e imagens foram extraídas do site Adoro Cinema.

 E então, estão ansiosos para essas séries? Existem outras que vocês querem assistir?

Espero que tenham gostado das sugestões!

Muito obrigada por tudo!

Beijinhos!!!